• SMF Focolari

50 anos de história escrita com os princípios da fraternidade e do cuidado

Você pode fazer parte dos próximos 50 anos de história da SMF. Foram 50 anos de história escrita com os princípios da fraternidade e do cuidado. Faça parte desse time e seja voluntário dos nossos projetos!



Com o apoio de colaboradores nacionais e internacionais, a SMF, Sociedade Movimento dos Focolari, promove o fortalecimento comunitário e o acesso a direitos e garantia de proteção especialmente às crianças, jovens e mulheres em situação de vulnerabilidade social.

A SMF atende às necessidades da comunidade, organizando e desenvolvendo ações socioassistenciais, numa dinâmica própria, inteiramente ligada aos princípios da fraternidade e do cuidado, que constituem a proposta e a base do seu empenho social.

A Sociedade Movimento dos Focolari tem como missão colaborar para a diminuição das desigualdades sociais, combatendo tanto as vulnerabilidades relacionais quanto materiais, a fim de promover uma sociedade mais unida, justa e fraterna.

​Atualmente são desenvolvidas atividades socioeducativas, recreativas, esportivas, artísticas e culturais para cerca de 260 crianças e adolescentes em dois centros de convivência, atingindo regularmente em torno de 100 famílias na cidade de Vargem Grande Paulista, na Grande São Paulo, e na comunidade quilombola no município de São Roque. Também são desenvolvidos projetos para a juventude no campo do voluntariado internacional, formação de lideranças e inserção no mercado de trabalho, atingindo anualmente uma centena de jovens.



Constituída em setembro de 1972, a Sociedade Movimento dos Focolari (SMF) é uma associação civil, beneficente/filantrópica, sem fins lucrativos e de assistência social. A SMF tem seus princípios inspirados nos ensinamentos e reflexões de Chiara Lubich, ganhadora do prêmio Templeton, em 1977, por seus esforços destinados ao diálogo inter-religioso, bem como do prêmio Unesco da Educação para Paz em 1996 e do Prêmio Direitos Humanos em 1998, pelo Conselho da Europa.

Sobretudo a partir dos anos 1990, a SMF passou a concentrar suas atividades no cuidado e na defesa de crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade material e relacional, levando em conta os vínculos sociais e o contexto comunitário em que estão inseridos. A SMF se empenha para que, por meio do fortalecimento comunitário, nenhum dos participantes se sinta só e para que a partir de vínculos positivos e da presença de redes de apoio claras, crianças, adolescentes, jovens e suas famílias tracem um caminho de emancipação social e superação das vulnerabilidades.



O Movimento dos Focolares teve suas raízes na Itália durante a Segunda Guerra Mundial. Inserida naquele contexto de conflito bélico, Chiara Lubich cria um movimento religioso e social que tem como missão justamente a promoção da unidade e da fraternidade universal para a construção de um mundo de paz. Religioso, pois fundado na tradição da espiritualidade cristã e social, porque desde cedo engajado nas questões sociais da cidade de Trento.

Com a vinda do Movimento dos Focolares para a América Latina, identificou-se rapidamente o principal fator de falta de unidade nessa sociedade: a desigualdade social. A partir dos anos 70 surgiram muitos projetos em favor de pessoas desfavorecidas. Hoje esses projetos formam a Uniredes, a rede dos projetos coligados ao carisma da unidade na América Latina.

​Uma data significativa foi maio de 1991, quando Chiara visitou o Brasil. Foram dias repletos de novidades e inspirações que floresceram do impacto que ela teve com a contrastante realidade da desigualdade social que circunda a Grande São Paulo.

Com o desejo de contribuir para a diminuição dessa desigualdade, Chiara deixou linhas de ação que servem de guia e referência, e que norteiam inúmeros indivíduos, grupos, associações e empresas. Nestas linhas, a pessoa é colocada no centro da atenção e do cuidado, com a sua dignidade e valores que devem ser preservados e potencializados.

Ideias como a cultura da partilha e da fraternidade universal brotam da visão e certeza de Chiara de que todos, indivíduos e povos, são convidados a ser protagonistas de um mundo melhor, mais justo e unido.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo