• SMF Focolari

Ideia do mês - Fevereiro 2022

Não rejeitar ninguém.

Uma pessoa íntegra não rejeita ninguém mesmo que os valores e os pontos de vistas não sejam os mesmos compartilhados, não há motivos para rejeitar o outro.



Esta atitude é um convite que exige a responsabilidade de cada um. Com isso, se experimentamos uma abundância de ternura, nos sentimos levados a receber a cada próximo, seja homem ou mulher, jovem ou idoso, sadio ou doente, como se pertencentes a nossa cultura... e não vamos rejeitar ninguém.


Em Quebec, no Canadá, uma comunidade cristã está envolvida em receber muitas famílias que chegam a esse país de diferentes lugares do mundo: a França, o Egito, a Síria, o Líbano, o Congo... E todos eles são recebidos e ajudados, são incluídos e integrados ao novo mundo que chegam. Isto significa responder às suas diversas exigências, cumprir os requisitos relativos ao estatuto de refugiados ou residentes, coordenar junto com as escolas, espaços para seus filhos e acompanhá-los a descobrir seus bairros. Também é importante a orientação para a inscrição nos cursos de francês e auxílio na procura por trabalho.


Guy e Micheline escrevem: “Uma família síria que chegou ao Canadá fugindo da guerra, achou outra, recém-chegada e ainda muito desorientada. Por meio das redes sociais, a solidariedade foi ativada e muitos amigos fizeram-lhes chegar o necessário: camas, toalhas, roupas, livros e jogos infantis oferecidos espontaneamente por outras crianças das famílias envolvidas, sensibilizadas pelos pais. Eles receberam mais do que precisavam e, por sua vez, ajudaram outras famílias carentes do prédio. A IDEIA DO MÊS foi: “Você amará seu próximo como a você mesmo”.


Apenas assim, é possível transformar em vida esta proposição de amor recíproco testemunhando a proximidade diante de cada próximo, como indivíduos e como comunidade. Isso nos ajuda a compreender a reflexão de Chiara Lubich sobre o amor de misericórdia, em que escreve: “É o amor que abre o coração e os braços aos mais carentes, aos desesperados da vida, aos pecadores arrependidos. Um amor que sabe receber ao próximo desorientado, amigo, irmão ou desconhecido e perdoá-lo infinitas vezes. Um amor que não mede e não vai ser medido. É uma caridade florescida com maior abundância, mais universal, mais concreta da que possuíamos antes (...) A compaixão é a expressão última da caridade, a que a leva para a sua expressão mais plena. E a caridade supera a dor, porque esta pertence à vida enquanto que o amor permanece para sempre”.


_____________________

A IDEIA DO MÊS, baseada em textos de Letizia Magri, surgiu no Uruguay no contexto do diálogo de pessoas com diversas convicções religiosas e não religiosas cujo lema è “Construindo Diálogo”. A finalidade desta publicação é o de contribuir e promover o ideal da fraternidade universal. Atualmente A IDEIA DO MÊS é traduzida em doze idiomas e distribuida em mais de 25 países.



20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo