• SMF Focolari

Ideia do mês - junho 2022 O amor é o nosso único bem.

Há livros, escritos, poemas e questões nos quais todos podemos nos encontrar: eles tocam as cordas mais íntimas da alma, expressam os sentimentos humanos mais profundos e intensos: da dúvida à dor, à raiva, à angústia, ao desespero, à esperança, à gratidão, à alegria. Por isso, podem ser pronunciados por cada homem e cada mulher em qualquer tempo, cultura e em cada momento da vida.



Neles percebemos que nosso passado, nosso presente e nosso futuro são coletados; achamos a força para enfrentar com confiança os sofrimentos que encontramos em nosso caminho e a serenidade para elevar o olhar para a esperança, mais além das sombras da vida.


Então como poderemos viver A IDEIA deste mês?

É a experiência de C.D.: “Tempo atrás eu comecei a não me sentir bem e enfrentei os estudos médicos necessários que exigiam longos tempos de espera. No final, quando eu soube que sofria do mal de Parkinson foi um golpe muito forte. Nesse momento eu estava com 58 anos, como era possível? Eu me perguntava: “por quê? Sou professora de educação esportiva, e a atividade física é parte de mim. Parecia-me que eu estava perdendo algo muito importante. Mas voltei a pensar na escolha que tinha feito quando era jovem ‘o amor é meu único bem’. Graças à medicação, comecei a me sentir muito melhor, mas eu não sei o que me espera. Eu decidi viver o momento presente. Depois do diagnóstico, eu, espontaneamente, quis escrever uma música, cantar o meu sim para a vida: a alma fica cheia de paz”.


Sobre este “único bem”, Chiara Lubich escreveu: “Estas palavras simples vão nos ajudar a ter confiança, vão nos preparar para conviver com o Amor e assim, cada vez mais unidos e cheios dele, vamos colocar e recolocar a base do nosso eu verdadeiro”.


Então, neste mês de junho vamos permanecer unidos para fazer a “declaração de amor” e para irradiar paz e serenidade ao nosso redor.


================================

A IDEIA DO MÊS, baseada em textos de Letizia Magri, surgiu no Uruguai no contexto do diálogo de pessoas com diversas convicções religiosas e não religiosas, cujo lema è “construindo diálogo”. O fim desta publicação è o de contribuir e promover o ideal da fraternidade universal. Atualmente A IDÉIA DO MES è traduzida em doze idiomas e è distribuida em mais de 25 países.



39 visualizações0 comentário